Tráfico de drogas é motivo de operação da PF em Cotia e MG

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (24) a operação “Fortunae”, visando desarticular uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas na região de Paraguaçu/MG. Trata-se de uma ação coordenada com a Polícia Civil, que hoje deflagrou a Operação “Assepsia”, para desarticular outra facção da mesma organização.

As investigações tiveram início há mais de um ano, com base em notícia de que um grupo criminoso seria responsável pela distribuição de entorpecentes no sul de Minas. Durante as investigações, foram identificados os integrantes da organização e realizada prisão em flagrante de um dos seus membros, quando transportava, de forma oculta, a quantia aproximada de um milhão de reais em espécie, decorrente da negociação de drogas ilícitas.

A PF representou por quatro mandados de prisão temporária, um mandado de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela Justiça Estadual de Paraguaçu e cumpridos nas cidades mineiras de Paraguaçu (quatro mandados de busca e apreensão, três mandados de prisão temporária e um mandado de prisão preventiva), Boa Esperança e Barbacena (um mandado de busca e apreensão em cada) e em Cotia (um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária).

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico de drogas (art. 33 c/c art. 40, V da Lei 11.343/06), organização para o tráfico (art. 35 c/c art. 40, V da Lei 11.343/06) e lavagem de dinheiro (§ 4º do art. 1º da Lei 9613/98), podendo cumprir, caso condenados, uma pena superior a 58 anos de prisão.