Taxista é preso com mais de 6 kg de cocaína na Bunjiro Nakao

O taxista Wanderlei Oliveira Fernandes, de 40 anos, foi preso com mais de 6 kg de pasta base de cocaína e insumos para o refino da droga.

Ele foi flagrado por policiais militares rodoviários no km 54 da Rodovia Bunjiro Nakao, no limite entre Cotia e Ibiúna, quando trazia a droga de São Paulo para um traficante ibiunense ainda não identificado.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os PMs estavam fazendo uma fiscalização de rotina na rodovia, quando suspeitaram de uma Chevrolet Meriva branca (táxi), cujo motorista não atendeu ao pedido de parada. Houve perseguição até o km 54, quando então o veículo foi interceptado e revistado.

Numa caixa em baixo do banco do passageiro, estavam os seis tijolos de pasta base pesando 6,436 kg e sobre o banco traseiro os policiais acharam o restante do material, que são insumos utilizados para o refino da cocaína, tais como acetona, benzina, éter, e até uma ampola de anestésico.

O taxista foi levado para a delegacia de Ibiúna, onde contou aos policiais que mora no bairro paulistano Artur Alvim e que já era a segunda vez que transportava droga para o município.

Ainda segundo a Polícia Rodoviária, Wanderlei teria relatado receber R$ 1 mil por viagem e que pegava a droga com amigos de infância. Depois de ser autuado em flagrante por tráfico de drogas, o taxista foi encaminhado para a Unidade de Transição de São Roque e depois removido para o CDP – Centro de Detenção Provisória de Capela do Alto.

Por Tiago Albertim – Jornal do Povo

drogastaxi