Sistema que trará água para Cotia e região passa por testes

No sábado (18) foram realizados os testes das estruturas de concreto que começam a receber a água captada da represa Cachoeira do França, em Ibiúna e que será depois bombeada até a  estação  de  tratamento, em Vargem Grande Paulista, a 50 quilômetros de distância.

Cerca de 2 milhões de pessoas das cidades de Cotia,  Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Santana do Parnaíba e Vargem Grande Paulista serão beneficiadas pelo novo sistema produtor de água da Sabesp, o São Lourenço. O governador Geraldo Alckmin esteve em Ibiúna para acompanhar os testes iniciais da captação e bombeamento de água do novo sistema.

O complexo São Lourenço vai levar 6,4 metros cúbicos de água para a região metropolitana de São Paulo. Trata-se de uma das grandes obras hídricas do Brasil, com 83 km de adutora, da Represa de França de Ibiúna até Carapicuíba, atendendo a região oeste da grande São Paulo.