Roberto Carlos nega que tenha humilhado Tim Maia

O cantor Roberto Carlos falou pela primeira vez sobre o filme Tim Maia, que contém a cena do “dinheiro amassado”, reascendendo uma velha polêmica que envolve a relação entre ele e o soulman. “Aquele negócio do dinheiro que o secretário jogou, eu nunca soube disso”, disse ele, em entrevista ao apresentador Amaury Jr., exibida na RedeTV! na última quarta, 28.

“Tem muita coisa que eu só fiquei sabendo depois de ver a cinebiografia”, disse Roberto Carlos, reiterando que o fato descrito na cena é uma “completa novidade” para ele. O rei ainda acrescentou: “Sempre tive o maior respeito pelo Tim e não teria admitido que ninguém fizesse aquilo com ele.”

Dirigido por Mauro Lima, Tim Maia, depois de estrear nos cinemas, foi adquirido pela Rede Globo e exibido em duas partes nos primeiros dias de janeiro. Na versão reduzida, a cena do “dinheiro amassado” foi cortada – assim como outras partes do filme original – o que fez com que Lima fosse às redes sociais e pedisse para que os fãs não assistissem ao programa.

Além do corte da cena, a Globo foi acusada de tentar “proteger” Roberto Carlos, tendo colocando, ainda, entrevistas com o rei – em carne e osso – elogiando Tim Maia, durante a versão encurtada do filme para a TV.

Nelson Motta, cujo livro Tim Maia – Vale Tudo serviu em parte como base para o filme, também apareceu para defender Roberto. Posteriormente, a própria Globo retirou o programa de sua grade de programação online – entenda toda a situação aqui.

Da Rolling Stones