Região tem 2º maior salário da Grande São Paulo, diz Seade

Segundo o levantamento, salário médio é de R$1.655,00, mas fica bem abaixo da Capital, que lidera a lista.

Os trabalhadores de Osasco e cidades vizinhas recebem o segundo maior salário médio da Grande São Paulo. O valor de R$ 1.655,00, registrado até o final de 2014, só perde do pago aos empregados da região do ABC Paulista, que é de R$ 2.163 nesse mesmo período.

Apesar dessa boa posição no ranking, os rendimentos pagos na região Oeste estão bem abaixo da Capital, que lidera essa lista. Os trabalhadores de São Paulo recebem, em média, entre R$ 3.082 e R$ 4.236 e, de acordo com o bairro onde trabalham. Os dados são de uma pesquisa realizada pela Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) e que faz um “raio-X” do mercado de trabalho ao longo dos últimos 30 anos.

O levantamento também revela que as cidades da região Oeste lideram o ranking de trabalhadores sem carteira assinada. Eles correspondem a 9% dos empregados no mercado de Osasco e cidades vizinhas. Em segundo lugar, com índice de 8,8%, está a região Leste (Guarulhos e Mogi das Cruzes), seguida ainda pela e Sudoeste (Taboão da Serra e Cotia), com 8,7%.

Segundo o Seade, nas últimas 3 décadas, houve perda de participação do município de São Paulo no total da População Economicamente Ativa (PEA), de 67,6% em 1985 para 57,4% em 2014. Por outro lado, houve ampliação dos demais municípios da Grande SP de 32,4% para 42,6%, respectivamente.

Por Erica Celestini – Webdiario