Prefeito de Embu das Artes é condenado a 2 anos de prisão

O prefeito de Embu das Artes, Claudinei Alves dos Santos (Republicanos), conhecido como Ney Santos, foi condenado a dois anos e quatro meses de prisão por disparo de arma de fogo durante uma briga com a equipe de campanha de um adversário político, em 2015, quando ainda era vereador.

Na ocasião, Ney Santos atirou com o intuito de intimidar o oponente político, com quem chegou a trocar socos. Foram pelo três tiros. Ninguém se feriu.

Além da prisão, o parlamentar também terá que pagar 11 (onze) dias-multas, de um salário mínimo, tendo em vista a renda mensal como prefeito de Embu das Artes.

A defesa do prefeito diz que ele está sendo vítima de perseguição política e que a denúncia foi forjada para incriminá-lo e que foram ouvidas várias testemunhas, inclusive um delegado, que negam ter ouvido os disparos. Também vai acionar o Conselho Nacional de Justiça.

Ney cumprirá em liberdade, mas a condenação poderá impedi-lo de se candidatar nas próximas eleições.

Do R7