Preço de remédios contra resfriado e gripe varia até 215%

Chega o frio e também a temporada de tosse e espirros. Com isso aumentam a procura e também os preços dos remédios para gripes e resfriados. É o que aponta pesquisa da plataforma Consulta Remédios com cerca de 2.800 farmácias de todo o Brasil. Segundo o levantamento, houve um aumento médio de 38,46% nas buscas por informações de medicamentos usados para tratar doenças típicas do inverno no último mês de maio, com relação ao mês de abril.

Dentre eles, destaques para os antigripais (47,85%), remédios para dor de garganta (28,64%), anti-inflamatórios (39,47%), doenças respiratórias (28,82%), expectorantes (5,74%) e remédios para a tosse (80,24%). Os preços também variam bastante. O expectorante Cloridrato de Ambroxol, indicado para o tratamento de doenças broncopulmonares agudas, foi encontrado em uma farmácia por R$ 6,17 e, em outro estabelecimento, por R$ 19,44, uma diferença de 215%. Outro medicamento utilizado como antitérmico e para o alívio das dores, o Ibuprofeno, pode apresentar uma variação de 304%.

Ainda dentre os remédios mais procurados, o Naldecon Dia apresentou variação de 51,60%, com preços entre R$28,49 e R$43,19. A plataforma conta com 65 mil produtos cadastrados e está disponível na web – no site www.consultaremedios.com.br, e em aplicativos para IOS e Android. O uso é gratuito.

Do Webdiario