Homem é preso em flagrante em Cotia ao tentar sacar benefício fraudulento

Um homem foi preso em flagrante, na última quarta-feira (12), quando tentava sacar um auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) fraudulento. A prisão foi efetuada na região da Granja Viana, em Cotia e teve o apoio do setor de segurança institucional do banco pagador do benefício.

O auxílio foi obtido com a utilização de atestados médicos falsos e simulação no momento da perícia, ocasião em que o fraudador se apresentou engessado, fingindo ter fraturado o braço. Pesquisas da CGINT – Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho identificaram a concessão indevida do benefício, pois o médico cujo nome consta no carimbo do atestado, não reconheceu a autenticidade do documento.

A prisão foi possível pela cooperação entre a CGINT e a Delegacia de Crimes Previdenciários da Polícia Federal em São Paulo. A economia inicial projetada foi de pouco mais de R$ 6,5 mil.

A Força-Tarefa Previdenciária e Trabalhista é integrada pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal e atua em conjunto no combate a crimes contra o sistema previdenciário e trabalhista. Na Secretaria Especial, cabe à Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista investigar e analisar os indícios de crime.

Do Jornal Cotia Agora