Histórico cinema da região reabre suas portas à população em grande projeto cultural

O Cine São José reabriu suas portas para a população oficialmente na noite de quinta-feira (14). Aquele que já foi considerado o polo cultural de São Roque ressurgiu das cinzas após muitos anos desativado, em um audacioso projeto que promete reviver as memórias da região, além de proporcionar lazer e cultura para seus visitantes.

A primeira etapa do projeto é o Café Cine São José, que já vinha funcionando em caráter de teste e foi inaugurado oficialmente na noite desta quinta. O ambiente promete reviver o saudosismo de muitas pessoas ao apresentar uma arquitetura que traz muitos elementos originais do antigo Cine São José, apresentando uma estrutura retrô e que faz grandes referências ao cinema.

O estabelecimento já está aberto ao público no período da tarde e noite, mas este é apenas a primeira etapa de um projeto que pretende restaurar todo o complexo.

“O Café é o primeiro passo para o que será no futuro o Centro Cultural Cine São José, que era o sonho do meu avô. Iremos modernizar a estrutura, mas mantendo toda a parte estética que ele tanto gostava e com o tempo iremos implementar um museu, um restaurante, sala de teatro multiuso com 500 lugares, além de outras duas salas de cinema no estilo multiplex”, afirmou o arquiteto Arthur Barioni, neto do saudoso Vasco Barioni e idealizador do projeto.

Uma proposta audaciosa e que, sem dúvida promete alavancar as visitas ao centro da cidade, revivendo toda a magia daquele que um dia foi uma das maiores atrações de São Roque. Entretanto, apesar do projeto grandioso já estar concluído, Arthur diz que cada passo deste audacioso planejamento será implementado aos poucos e a nova etapa será o Museu Cine São José, que irá exibir um acervo referente não apenas a história de São Roque mas da região, através de um projeto que contou com a parceria do fundo municipal de Cultura e que conseguiu recuperar mais de 2.500 itens em seu acervo. “Estamos planejando que o museu esteja funcionando já no primeiro trimestre de 2018”, conclui Artur.

O Cine São José foi inaugurado em 19 de março de 1951, por Vasco Barioni e rapidamente tornou-se uma referência na cidade graças a sua estrutura moderna com capacidade para 1.500 lugares. Em sua estreia foi exibido o filme “Deus lhe Pague”, uma forma que Barioni encontrou para agradecer de forma simbólica a todos que ajudaram na construção do cine.

O local tornou-se um polo cultural que entrou para a história da cidade, mas infelizmente com o tempo as visitas caíram e o local foi desativado, sofrendo um processo de degradação que durou anos. Agora o projeto renasce e promete trazer muita alegria e entretenimento a população de São Roque e região.

“É um momento de muita celebração para nossa família e para a cidade de São Roque. É gratificante ver todas essas pessoas participando com tanto entusiasmo deste momento e vindo a este novo espaço que, temos certeza, será um projeto de muito sucesso”, afirmou Irís Barioni.

Na deliciosa noite de inauguração do Café São José, os convidados foram agraciados com a boa música, sapateado e as performances de dois atores que interpretaram Carlitos (Charlie Chaplin) e Marilyn Monroe. Os convidados também saborearam a deliciosa e marcante “groselha” da Dona Íris Barioni, marca registrada do Cine São José.

Por Rafael Barbosa – Jornal da Economia Online