Felipe Massa admite que “vida na Williams é mais calma” que na Ferrari

Desde que trocou o macacão vermelho da Ferrari pelo azul e branco da Williams, Felipe Massa é outra pessoa. Durante 2014, foi nítido seu semblante mais leve e mais descontraído. Efeito que pode ter contribuído para seu desempenho nas pistas. Depois de quatro temporadas apagadas pelo time italiano, o paulista de 33 anos voltou a brigar com mais frequência por pódios e ainda disputou a vitória na última corrida do ano, em Abu Dhabi. Em entrevista ao jornal espanhol “El Confidencial”, Massa admitiu que o clima na equipe inglesa têm uma influência positiva:

– A vida na Williams é mais calma, com certeza. É preciso trabalhar tão duro quanto na Ferrari, mas as coisas são mais simples. Apenas correr importa. As outras coisas, nem tanto. Então você tem sua mente focada unicamente em fazer o carro melhorar, em pensar em correr – explicou.

O brasileiro contou que o excesso de responsabilidades extrapista na Ferrari, onde conviveu por 11 anos, oito deles como titular, acabam desconcentrando um pouco os pilotos:

– A Ferrari é fantástica, forte, ótima, linda, mas com muita pressão e muitas coisas que não são importantes, que vêm tudo junto de uma vez. Aqui na Williams, a única coisa que importa é o trabalho – continuou.

Sem ter o contrato renovado no fim de 2013, Massa foi preterido na Ferrari por Kimi Raikkonen, que vinha de dois bons campeonatos pela Lotus. A equipe fez a troca com o objetivo de ter um piloto que contribuísse mais próximo do que Fernando Alonso contribuía para o Mundial de Construtores. E o brasileiro não perdeu a oportunidade para ressaltar que a “encomenda” não saiu como o esperado e o “Homem de Gelo” demonstrou até mais dificuldades que ele em 2014.

– Acho que meu maior problema (na Ferrari) foi o lado mental. Sofri muito por um tempo, mas eventualmente as coisas foram melhorando. Eu evoluí esse lado e as pessoas viram que Kimi teve mais dificuldades que eu. Então talvez eles tenham encontrado alguém que sofreu ainda mais – completou.

Em 2015, Felipe Massa ingressa em seu segundo ano pela Williams. O campeonato começa com o GP da Austrália, de 13 a 15 de março. Mas antes, os competidores realizam os testes de pré-temporada. A primeira sessão foi no início do mês em Jerez de la Frontera. As duas próximas serão em Barcelona, de 19 a 23 de fevereiro e de 26 de fevereiro a 1º de março.

Do Globoesporte.com