Defesa Civil de Cotia inicia Operação Verão 2015/2016

Medida tem como meta diminuir os impactos associados ao período chuvoso

O Estado de São Paulo dá início no próximo dia 1º de dezembro à Operação Verão, uma ação de gestão de risco com propósito de preservar vidas e reduzir os danos humanos, materiais e ambientais.

A Operação vai até 31 de março de 2016 e engloba os Planos Preventivos da Defesa Civil, o PPDC, que reúne ações integradas entre diferentes órgãos dos governos estadual e municipal, além da própria comunidade com o objetivo de salvar vidas.

O PPDC conta com nove planos preventivos, que abrangem 175 municípios mais vulneráveis do Estado, sendo um específico para inundações e outros sete para escorregamentos.

Em nossa cidade as ações envolvem ações, como coibir fogo em matas, prevenção de enchentes, como desobstrução de bocas de lobo e limpeza de áreas vulneráveis, em parceria da Defesa Civil, Secretaria de Obras e Corpo de Bombeiros, segundo comentou o diretor da Defesa Civil de Cotia, Hintz Brandão, ao Jornal Cotia Agora.

Época de chuvas, recomendações da Defesa Civil:

O período de chuvas está por vir e algumas recomendações da Defesa Civil são primordiais para que acidentes possam ser evitados. O diretor da Defesa Civil, Hintz Brandão relembra algumas das ações que a população deve saber:

– Não deixar lixo antes do horário da coleta, pois a enxurrada pode levá-lo para as bocas de lobo;

– Não deixar areia, pedra ou qualquer tipo de material de construção estocado na calçada

– Não jogar embalagens de refrigerantes, papeis, por menor que sejam, ou qualquer outro tipo de detrito nas ruas – tudo isso irá entupir as bocas-de-lobo

– Se encontrar alguma boca-de-lobo com a tampa quebrada, comunicar à Secretaria de Obras através do telefone 4703-7355 que a troca será feita rapidamente

– Não se abrigue debaixo de árvores, que há perigo de raios ou queda por vento

– Não construa em área de preservação permanente, pois o curso d´água precisa de espaço para espraiar em caso de chuva forte;

– Evite ficar perto de postes ou fiação elétrica, que podem cair com ventos fortes

– Não tente atravessar enxurrada forte a pé ou de carro; pode não parecer, mas as águas têm muita força e podem arrastar o pedestre para a morte ou deixar o carro inutilizado no meio d´água

– Se houver alagamento, abandone a residência e chame a Defesa Civil.

É importante lembrar que, se houver chuva muito forte e concentrada em determinada região, mesmo com toda a prevenção poderá haver alagamentos ou enchentes. Por isso, é importante observar essas regras básicas para se proteger e à família.

Telefones: Defesa Civil: 199 – Secretaria de Obras: 4703-7355