Com calor e tempo seco, umidade do ar em Cotia chega aos 40%

O tempo seco e a falta de chuvas nesta semana atingem Cotia e tem aumentado os casos de queimadas e problemas de saúde na população. Desde sábado não chove na cidade e o maior transtorno para as pessoas é o tempo seco, que ocasiona problemas respiratórios.

A baixa umidade do ar e a poluição contribuem para o surgimento de doenças como rinite, amidalite, faringite, laringite, sinusite e conjuntivite e os atendimentos em prontos socorros tem aumentado a cada dia

E não há previsão de chuvas pelos próximos dias. O Climatempo diz que pode chover nos dias 10 e 11. Segundo a Defesa Civil do Estado, a umidade do ar na região central de Cotia chegou aos 40% e pode baixar mais, chegando ao estado de alerta.

A poluição no ar é visível. Um fator que colabora para o tempo ficar mais seco e o ar insuportável são as queimadas.