Coluna de odontologia do Dr. Danylo aborda o Bruxismo

O bruxismo pode ser definido como uma parafunção onde ocorre o ranger ou apertar dos dentes que acomete um número considerável de pessoas, apesar de existir divergência quanto a prevalência de bruxismo na população, acredita-se que 15% das pessoas sofram com este problema. Existe o bruxismo noturno (ou do sono), que acontece enquanto a pessoa dorme, trata-se de uma atividade inconsciente onde há o apertar ou ranger dos dentes e geração de ruídos, que está ligado a distúrbios do sono. Há ainda o bruxismo diurno ou de vigília, sua ação é semiconsciente, a pessoa quando se dá conta, está apertando os dentes, normalmente está associado a fatores emocionais como ansiedade e estresse.

Tenho bruxismo?

Os principais sintomas apresentados em decorrência do bruxismo são dores musculares na face, na região da mandíbula, na região das têmporas e na nuca. No caso do bruxismo do sono é comum o paciente relatar que acorda com muita dor nestes músculos e com dor de cabeça. Outro sintoma frequentemente encontrado é a dificuldade para abrir a boca e durante a abertura nota-se barulhos ou estalidos na região da articulação bucal, a ATM (articulação temporomandibular), é comum também o paciente relatar que os dentes estão doloridos.

Durante uma avaliação com o dentista é possível observar o desgaste dos dentes devido o ranger constante, é comum que o paciente apresente dentes quebrados, com trincas, restaurações que soltam frequentemente, sensibilidade dentária e perda de osso ao redor dos dentes, o que pode levar ao seu amolecimento (periodontite), em alguns casos nota-se uma marca dos dentes na língua e bochecha devido o apertamento. Em um exame mais direcionado, durante a palpação dos músculos envolvidos o paciente relata a dor (o que confirma o diagnóstico do bruxismo). Essa descoberta costuma demorar para acontecer, pois até que que estes sintomas apareçam demora algum tempo, em muitos casos quando a pessoa não dorme com alguém próximo, não sabe que range os dentes enquanto dorme.

Consequência do bruxismo
O bruxismo interfere na qualidade de vida do paciente, que sempre sofre com dores de cabeça, inflamação e dores nos músculos da mastigação e faciais, dificuldade para abrir a boca, dificuldade para mastigar os alimentos, estalidos e ruídos na região da ATM, travamento e/ou deslocamento da boca durante sua abertura, dentes quebrados, desgastados, com trincas, sensíveis e em alguns casos até amolecidos. Além dos problemas citados acima é comum no bruxismo do sono o paciente acordar se sentindo cansado.

O tratamento do bruxismo
O tratamento do bruxismo é multidisciplinar, ou seja, envolve a participação de diversos profissionais da saúde, o cirurgião dentista pode ajudar no diagnóstico, intervir com a confecção de placas de acrílico que devem ser adaptadas e ajustar a oclusão dos dentes com restaurações, desgastes ou através de tratamento ortodôntico. Atualmente, a aplicação de toxina botulínica tem sido uma grande auxiliar no tratamento, pois inibe a hiperatividade muscular por atuar na liberação de alguns neurotransmissores envolvidos (acetilcolina) o que controla ou diminui o apertamento. Há a necessidade ainda de tratar as consequências, restaurar os dentes quebrados ou desgastados, reabilitar eventuais perdas dentárias, prescrever medicações para controlar o quadro de inflamação e dor e tratar eventuais danos a ATM.

Uma vez que o bruxismo tem relação com quadros de estresse e ansiedade o tratamento com psicólogo ou terapeuta contribui imensamente para o tratamento, principalmente quando a origem é de ordem psicológica, o que é muito comum em casos de bruxismo em vigília (diurno). O tratamento com médico otorrinolaringologista pode contribuir principalmente quando há o envolvimento na região da ATM. Distúrbios que tem origem durante o sono devem ser discutidos em conjunto com o neurologista, pois muitas vezes o ranger dos dentes ocorre pela disfunção de neurotransmissores do sistema nervoso central.

Tratamentos de fisioterapia, laser e acupuntura apresentam bons resultados no tratamento do bruxismo, pois auxiliam no relaxamento muscular, melhorando os quadros de inflamação e dor.

Bruxismo x Qualidade de Vida
Muitos pacientes procuram um tratamento rápido e eficaz, vale lembrar que o bruxismo não tem cura, em muitos casos é crônico com quadros que apresentam melhoras e quadros em que volta a ocorrer, muito associado a períodos de estresse. Ainda faltam muitas respostas sobre esse problema de saúde, em muitos casos ocorre apenas durante algum período da vida, sua causa pode ser de origem psicológica, orgânica e por uso de alguns medicamentos. O fato é que influencia na qualidade de vida das pessoas e necessita ser tratado.

Vale lembrar que hábitos de vida saudáveis, como práticas de exercícios físicos e técnicas de relaxamento contribuem para o controle do bruxismo e que o tratamento dificilmente poderá ser feito por um profissional isoladamente, mas sim em conjunto: cirurgião dentista, médico, psicólogo, fisioterapeuta, terapias alternativas e sem dúvida alguma com a colaboração e empenho do paciente.

*Dr. Danylo Dias Araújo (CRO/SP 97.316) é cirurgião dentista com clínica no Centro de Cotia e escreve quinzenalmente no Jornal Cotia Agora. Centro Odontológico Dr. Danylo  (CRO /SP 21.664) fica na Rua Senador Feijó, 28 – Centro – Cotia (em cima da ótica Kika e ao lado do Central Shopping) – Telefone: (11) 4148-0996 – email: [email protected] – Aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 às 19h e sábados das 8h às 17h. Leia mais e saiba de todos os tratamentos clicando AQUI.

Site: https://drdanylo.com.br/ – Acesse as redes sociais. Instagram: https://www.instagram.com/dr.danylo/    e Facebook: https://www.facebook.com/Dr.Danylo/Whatsapp