Chuvas de verão ocasionaram quase 5 mil raios sobre Cotia

Por Beto Kodiak

O verão acabou no último sábado e a época mais propícia para chuvas foi bem típica, com chuva quase que diariamente sobre Cotia e, consequentemente, tempestades com raios.

Em Cotia, somente no verão, de 20 de dezembro a 20 de março, caíram 4.599 raios, segundo números divulgados pelo Elat – Grupo de Eletricidade Atmosférica, órgão ligado ao Inpe – Instituto de Pesquisa Espacial, com exclusividade ao Jornal Cotia Agora.

Este número é bem superior ao registrado durante todo o ano de 2020, quando tivemos 2.581 raios na cidade.

Apesar do fim do verão, ainda há previsão de chuva para este final de março e é importante redobrar a atenção e se proteger dos raios, já que a descarga elétrica corresponde a cerca de mil vezes a intensidade de um chuveiro elétrico.

Todo ano, 50 milhões de raios caem sobre o Brasil

Uma equipe de 30 profissionais do Elat monitora, durante 24 horas, as ocorrências no país. São eles que emitem os alertas sobre a chegada de uma tempestade e acompanham o paradeiro dos cerca de 50 milhões de raios de caem no Brasil todos os anos em tempo real

Alertas e cuidados

O principal alerta é que, se não for possível se abrigar em local fechado no momento dos raios, a pessoa deve diminuir a incidência em relação a nuvem, ou seja, agache, evite de ficar em pé, ficar deitado, evite de usar correntes douradas e metálicas, diminuindo assim a exposição aos raios.
Confira as orientações da Defesa Civil do Estado de São Paulo para se proteger dos raios durante as tempestades:

– Evite lugares abertos, como estacionamentos, praias e campos de futebol;
– Abrigue-se em casa, edifício ou em instalação subterrânea como metrô;
– Não permaneça em rio, mar, lago ou piscina;
– Se estiver no carro, mantenha os vidros fechados, sem contato com as partes metálicas do veículo;
– Caso não encontre um abrigo por perto, fique agachado com os pés juntos, curvado para frente, colocando as mãos nos joelhos e a cabeça entre eles até a tempestade passar;
– Mantenha distância de objetos altos e isolados, como árvores, postes, quiosques, caixas d’água, bem como de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas e cercas de arame;
– Evite soltar pipas, carregar objetos, como canos e varas de pesca e andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo;
– Mantenha distância de aparelhos e objetos ligados à rede elétrica, como TVs, geladeiras e fogões;
– Evite o uso de telefone, a menos que seja sem fio ou celular;
– Fique afastado de janelas, tomadas, torneiras e canos elétricos;
– Evite tomar banho durante a tempestade.