Casas e chácaras são invadidas em regiões afastadas de Cotia

Uma prática que vem ganhando mais adeptos tem deixado moradores e donos de casas e chácaras assustados em regiões afastadas de Cotia. Moradores de rua e até famílias inteiras tem invadido casas , chácaras e sítios desabitados. Há relatos de casas que estão vazias e para alugar que também foram invadidas.

Segundo um morador da região da Estrada do Padre Ignácio, os invasores estudam a região e monitoram por vários dias quais imóveis estão sem movimento. Ao constatar que ninguém mora nos locais, pessoas e famílias tomam conta dos lugares e quando o dono, depois de algum tempo, fica sabendo, já é tarde, pois seu imóvel foi invadido.

Algumas das chácaras foram abandonadas pelos proprietários, em alguns casos pelo falecimento do dono e a família acaba não vindo mais passar finais de semana em seus imóveis, deixando o local abandonado.

As invasões acontecem na Estrada do DAE, Estrada e região do Morro Grande, Estrada do Padre Ignácio, Estrada da Represinha, Estrada Dr. Odair Pacheco Pedroso, Estrada Pedreira Eldorado, Estrada da Barragem, Estrada e região de Caucaia do Alto.

Segundo apuramos, já há caso de pedido de reintegração de posse correndo na Justiça por causa da invasão de alguns imóveis.
Um administrador de imóveis de Cotia, Marcênio Mange, conta que as ocorrências vem ocorrendo há pelo menos dois anos e os invasores seguem morando nos imóveis que não lhes pertence. Ele alerta para que os proprietários reforcem a segurança ou coloquem placas, alertando que o imóvel tem dono e tentando assim, evitar novas invasões. O consultor deixou telefone à disposição para quem quiser ter dicas de como proceder nesses casos: 9-7376-3404.