Bebê de dois meses tem a vida salva por guardas civis de Cotia

O Jornal Cotia Agora já publicou nos últimos dois anos sobre vidas salvas pela rápida assistência dada por guardas civis para crianças que estavam afogadas por conta de alimentos.

Mais uma vez, GCMs da Romu estavam em ronda pela região da Granja Viana, quando foram informados via rádio que próximo ao Jardim Passargada, havia um bebê de dois meses precisando de socorro por conta de afogamento.

Os guardas chegaram ao local e se depararam com a mãe da criança que informou que o bebê estava desacordado após ser alimentado e na hora de ser colocado para dormir, engasgou com o leite materno.

De pronto os guardas iniciaram os primeiros socorros com a Manobra de Heimlich, e conseguiram desobstruir as vias respiratórias do bebê, que de pronto voltou a respirar.

O bebê e a mãe foram levados para o Hospital de Cotia, onde a criança teve os cuidados médicos necessários, após ter a vida salva. A Manobra de Heimlich é usada em casos de asfixia por objetos estranhos nas vias respiratórias impedindo a pessoa de respirar.