Aneel adia novamente reajuste nas contas de energia

A Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica voltou a adiar as decisões de reajustes tarifários de companhias de energia elétrica. A medida, tomada na terça-feira (20), valerá até a agência avaliar formas de reduzir o impacto de uma possível escalada de tarifas elétricas em 2021.

As empresas dos grupos Enel, CPFL, Energisa e Neoenergia serão impactadas com a decisão. O diretor-geral da Aneel, Alexandre Pepitone, disse que fará reuniões com as empresas para definir as diretrizes dos reajustes.

“A agência, em comum acordo com o setor, com os segmentos de geração, de transmissão e distribuição, está tomando medidas para que a gente tenha modicidade tarifária”, ressaltou, em reunião.

Uma nova reunião será realizada nesta quinta-feira (22) para avaliar as tarifas das distribuidoras. No encontro também devem ser analisados outros três pedidos de recurso de revisão tarifária.

Pressão por reajustes
A alta no IGP-M nos últimos meses e a movimentação do dólar pressionam os reajustes nas tarifas de energia elétrica por parte das distribuidoras. De acordo com a Reuters , consultorias estimam que os índices tarifários devem apresentar aumento de 10% até o fim do ano.

Do iG