Tigres de Cotia enfrentou o XV de Jaú em jogo amistoso

Os atletas das categorias sub-15 e sub-17 da Associação Esportiva Tigres de Cotia enfrentaram a equipe do XV de Jaú, no interior de São Paulo. O placar do jogo amistoso na categoria sub-15 terminou com o placar 4 a 2 para o XV de Jaú. No jogo da categoria sub-17, 9 a 0 também para o time da casa. Embora tenham perdido no placar, o Tigres conquistou experiência, aprendizado e crescimento profissional ao enfrentar um time tradicional do futebol paulista.

Os jogos amistosos foram encarados pelo Tigres como uma grande oportunidade para desenvolver o ritmo de jogo dos atletas do clube. Para a comissão técnica, foi uma ótima ocasião para observar o entrosamento dos jogadores e ver a atuação dos atletas contra uma equipe profissional. “Colocar os meninos em campo contra um adversário tecnicamente superior nos ajuda a aprimorar e melhorar ainda mais nossa metodologia de treino, além de ser uma aula e tanto para nossos atletas”, disse o técnico Tiago Vaz.

O jogador do Tigres, João Pedro Queirolo, de 16 anos, comentou que a turma ficou magoada por ter perdido, mas que isso foi encarado com profissionalismo. “Ganhar não é o mais importante, queremos focar no trabalho para melhorar cada dia mais”, afirmou. Para ele que já participou de outros jogos contra grandes clubes, foi uma nova oportunidade de aprendizado e de mostrar seu futebol para uma equipe profissional.

Cada categoria teve a chance de assistir e analisar o desempenho da outra. Houve muito apoio e trocas entre os atletas. Para muitos, foi a primeira vez que jogaram em um campo oficial e contra um time profissional. Os comentários no pós-jogo eram de que ainda falta treinamento para entender os fundamentos e táticas de jogo. Não faltaram garra e vontade de vencer. Os jogadores não se intimidaram com o oponente, e jogaram com convicção do início ao fim, nas duas categorias.

O jogador profissional e treinador do XV de Jaú, Marcelo Pinheiro, comentou que o objetivo para o time não é o resultado no campo, mas sim comportamental. Mesmo que o futebol cobre muito resultado, é importante que os atletas, pais e comissão técnica estejam atentos à formação do caráter dos jogadores. “O futebol pode ensinar muito a esses jovens atletas, além de fortalecer os valores, o espírito de coletividade, ensinar a diferença entre o que é individualidade e individualismo, além de colocar os jogadores a serviço do bem coletivo”, argumenta Marcelo.

Para o Tigres, o amistoso foi bastante produtivo e teve resultados positivos. Os meninos entenderam que é preciso muita dedicação para alcançar o sonho de ser jogador profissional. O XV de Jaú apresentou interesse em alguns dos atletas do Tigres, e ao final dos jogos, o técnico Marcelo deixou um recado para nossos atletas: “Futebol é a longo prazo, o caminho é árduo e leva tempo, por isso é preciso dedicação e treino”, concluiu.

A Associação Esportiva Tigres é uma instituição sem fins lucrativos. O objetivo é formar e aprimorar talentos para o futebol, além de desenvolver atividades paralelas para incentivar a sociabilização e a formação cidadã de jovens atletas. Os treinos acontecem aos sábados das 8h30 às 10h no campo de futebol do Parque Cemucam, no km 25 da Raposo Tavares. Em breve haverá uma seletiva para inscrição de novos atletas com idade entre 7 e 14 anos. Participe e faça parte desse time de feras! Acesse www.tigresfutebol.com.br e faça sua inscrição.

Quer ser uma empresa-amiga? Vincule sua marca à um projeto de responsabilidade social, apoiando a iniciativa. Para saber mais sobre como doar e realizar parcerias, entre em contato com Carolina pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 97112-5271.