Região Oeste tem 1846 casos e uma morte por dengue

Foram 5,7 mil notificações, 1846 casos confirmados e uma morte. Esse é o balanço de incidência da dengue, nas cidades da região Oeste, durante o primeiro trimestre desse ano.

Os dados são do mais recente balanço do Centro de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Estadual da Saúde, incluindo registros até 26 de março.

O único óbito em decorrência da doença, até agora, na região, foi registrado em Jandira. Já em número de casos confirmados, quem lidera é Barueri, onde a dengue fez, nesse período, 786 vítimas. A segunda maior incidência foi registrada em Jandira, com 310 ocorrências, seguida por Itapevi, com 255 casos confirmados. Osasco vem na sequência, com 190 registros, enquanto Cotia está em 4º lugar, com 172.

Completam a lista 80 casos de dengue, entre janeiro e março, com Santana de Parnaíba, e 52 em Carapicuíba. Pirapora do Bom Jesus é a única cidade da região onde ainda não houve casos confirmados da doença. Os dados da Vigilância Epidemiológica apontam ainda que apenas 30% das suspeitas de dengue são registradas, posteriormente, como confirmações da doença. Os 1846 casos foram contabilizados em meio a 5846 notificações nas oito cidades.

Por Erica Celestini – Webdiario