Região de Cotia que teve caso de dengue é alvo de fiscalização

Ações contra o Aedes Aegypty seguem pela cidade.

De acordo com o último balanço apresentado pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde, no período que compreende os meses de janeiro até o dia 29 de fevereiro foram contabilizados, em Cotia, o total de 109 casos notificados, destes 5 são positivos, 16 descartados e 88 aguardam resultados. Em 2015, até a primeira semana de março a cidade apresentou 867 casos notificados de dengue, 518 confirmados e 349 descartados.

Ações em região onde adolescente contraiu dengue

Durante a última sexta-feira (04) agentes de saúde promoveram ação de nebulização na região que abrange todo o entorno da Rua Manoel Lages do Chão, localizado no bairro Caiapiá.

A região é onde morava a adolescente Maria Eduarda, que morreu na semana retrasada vítima de dengue hemorrágica.

Vale destacar que a nebulização tem efeito positivo apenas com o mosquito em sua fase adulta. Para otimizar o efeito da nebulização, a equipe de combate ao mosquito passa previamente nos locais a serem nebulizados para realizar o bloqueio, que consiste na eliminação dos criadouros do mosquito encontrados nas residências e em seu entorno.

Entre outros pontos atendidos envolvendo empresas e residências, os agentes nebulizaram uma construção em andamento que compreende uma área de 7.500 m², considerando que este é um ponto favorável para a proliferação do mosquito.

Diariamente equipes da saúde e de obras são encaminhadas aos bairros com a finalidade de realizar bloqueios que, consiste na ação de exterminar os criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. As medidas utilizadas pelas equipes devem ser repetidas rotineiramente pelos moradores com a finalidade de impedir a proliferação do mosquito.

Numa destas mobilizações realizada no Jardim Rosalina, foram trabalhados 206 imóveis, 125 estavam fechados, onze desocupados e, em 12 residências os agentes não obtiveram autorização dos proprietários para desenvolver as medidas de combate e prevenção.

Em todo o perímetro trabalhado foi identificado e recolhido 246 pratos de plantas, 107 materiais descartáveis como lata, frasco e plástico. Quarenta itens de entulho de construção, 37 pratos e ou pingadeira, 35 calhas vistoriadas, 47 depósitos de água sem tampa, 21 caixas d’água sem tampa ou tampada de forma inadequada. Sete lajes com acúmulo de água, além de vaso sanitário abandonado, vaso de plantas, lona, encerado e garrafa descartável.

Nesta segunda-feira (07) a equipe esteve em todos os prédios do residencial Greenland, procurando focos e orientando os condôminos.

Os componentes bromélia, piscina, ralo externo, peça de sucata e balde somam 77 pontos vistoriados.

Diante de qualquer dúvida e/ou denúncia os munícipes podem contar com o Disk Dengue 0800-878-3258.