Polícia prende ladrões de comércios e casas em Ibiúna

A Polícia Civil de Ibiúna, com apoio do Garra de Sorocaba, prendeu três acusados de integrarem uma quadrilha que efetuou diversos roubos a residências e comércios da cidade.

D.S.P, de 32 anos, M.R.S. de 25 e C.R.S. de 27 foram detidos em suas residências, no bairro de São Mateus, em São Paulo. No local, os policiais ainda apreenderam diversos eletroeletrônicos, joias, tênis e outros objetos que podem ser produto de roubo. Um outro suspeito de integrar o bando, M.B. de 46 anos, já havia sido preso durante uma blitz da Polícia Militar em maio deste ano, por ser procurado por roubo efetuado em Piedade e também portar uma CNH – Carteira Nacional de Habilitação falsificada. Um quinto integrante do grupo, que também teve a prisão decretada, ainda está foragido. Pelo menos três vítimas reconheceram os bandidos como praticantes dos delitos.

De acordo com o delegado Rafael de Medeiros Martins, que chefiou a operação, as investigações começaram em janeiro, sendo que de lá para cá, através de algumas pistas, os agentes começaram a monitorar o grupo. “Fomos montando o quebra-cabeças e com reconhecimento feito pelas vítimas através de fotos e outras provas, pedimos a Prisão dos mesmos. Um deles, apesar de morar em São Paulo, tinha uma chácara em Ibiúna e quando vinha para cá, colhia informações à cerca das possíveis vítimas, preferencialmente casas de alto padrão ou comércios com grande volume de dinheiro. Então, combinavam a ação e vinham para o município efetuar os assaltos, sempre em grupo e fortemente armados”, explicou o Delegado.

Até o momento, foram esclarecidos quatro roubos efetuados pela quadrilha. “As investigações continuam a fim de identificar possíveis comparsas, bem como outros roubos efetuados pelo mesmo bando”, finalizou Medeiros.

Os três negaram qualquer participação no crime. Quem tiver mais alguma informação que possa ajudar nas investigações, pode fazer pelo telefone 181 ou ir diretamente na Delegacia de Ibiúna.

Por Tiago Albertim – Jornal do Povo