Polícia prende em Cotia, suposto assassino de jovem de 17 anos

A Polícia Civil prendeu temporariamente por 30 dias, o suposto assassino da jovem Katia Vieira, de 17 anos, que saiu de casa no dia 19 de dezembro em Osasco, para ir a um encontro, e no dia 30 passado foi encontrada morta.

O rapaz foi detido na casa de sua tia em Cotia. Ele ficará preso por um mês ou até o término das investigações.

O corpo de Katia foi encontrado no Jardim Piratininga em estado avançado de decomposição após 10 dias desaparecida. Inicialmente ao que apurado pelo Correio do Interior junto aos familiares, a jovem não chegou de fato a se encontrar com o rapaz que havia marcado o encontro. Eles haviam se tornado amigos pela internet.

A polícia informou que o rapaz que aguardava o encontro da jovem fez contato com os familiares quando soube do seu desaparecimento e relatou que eles não se encontraram no dia e local marcado. Mas para a polícia o jovem que sugeriu o encontro é o principal suspeito da morte de Katia.

O laudo do IML – Instituto Médico Legal que apontará a causa da morte ainda não foi emitido. A polícia informou que os objetos que estavam com a jovem foram levados, como dinheiro, celular e documentos.

Do Correio do Interior (Igor Juan)