Outono: atenção com a hidratação da pele

Na última semana, terminou a estação mais quente do ano. Agora, é a vez do clima seco e o tempo nublado característicos do outono. Justamente por esses aspectos, trata-se de uma época em que é importante prestar atenção na hidratação da pele, que tende a ser prejudicada.

Segundo Thais Carvalho, fisioterapeuta dermato-funcional da Onodera Estética, “um dos principais motivos para a pele ressecar nos meses mais frios é a baixa umidade do ar. Outro fator é a falta de transpiração, processo natural do corpo usado para baixar a temperatura interna. Durante o frio, não precisamos desse mecanismo e, consequentemente, ficamos sem uma de nossas hidratações naturais”.

Dicas para a hidratação da pele

Segundo a especialista, a falta de cuidado com a pele durante a estação pode favorecer o aparecimento de alergias e doenças. Por isso, a fisioterapeuta recomendou seis dicas importantes para manter a pele saudável e hidratada no outono. Confira:

Hidratação: Pode parecer óbvio, mas é comum esquecer de tomar água quando o clima não está quente. “Ingerir pelo menos dois litros de água por dia não vale apenas para o verão. Com a baixa temperatura, apesar de não estarmos perdendo líquido através da transpiração, nosso corpo fica seco pela falta de umidade do ar e precisa de todo o líquido que pudermos oferecer”, recomenda Thais.

Controle a temperatura do banho: Nas estações mais frias, nada melhor que um banho quente, não é mesmo? Mas cuidado! Segundo a especialista, “banhos muito quentes retiram a oleosidade natural da pele, resultando em mais ressecamento e sinais de irritação e dermatite. Portanto, o ideal é tomar banhos mornos”.

Retire a maquiagem antes de dormir: Thais aconselha a limpar bem o rosto antes de dormir, pois “as impurezas acumuladas na pele ao longo do dia podem comprometer a hidratação natural da pele. Escolha demaquilantes livres de álcool e escolha sabonetes líquidos específicos”.

Use filtro solar: Mesmo que o céu esteja nublado, os raios UVA do sol conseguem atravessar as nuvens e atingir a pele. A especialista alerta que esses raios podem causar envelhecimento e tumores do tecido. Por isso, é importante manter a proteção.

Do Sportlife