Novas regras na Previdência atingirão trabalhadores na ativa

O governo irá estabelecer uma idade mínima para as aposentadorias do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), confirmou ontem o novo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

O ministro disse ainda que será criada uma regra de transição. Na prática, isso significa que quem já contribui ao INSS, mas ainda não completou os requisitos para se aposentar, sofrerá com as mudanças.

A reforma na Previdência Social é tida como essencial pelo governo interino de Michel Temer.

“Existem muitos grupos que já têm estudos avançados disso, inclusive no governo. Não é novidade. O caminho está claro. Idade mínima com a regra de transição e que seja eficaz. De um lado que não seja tão longa que não faça efeito e, de outro lado, que não seja tão curta que seja inexequível”, disse Meirelles.

O governo ainda não anunciou qual será a idade mínima adotada. Porém, boa parte dos estudos fala em 65 anos. Também não foi definida como seria a transição.

Do Agora SP