Falsos médicos responderão por formação de quadrilha

A polícia civil continua investigando o caso dos falsos médicos. Segundo, o Portal G1, as autoridades realizaram uma coletiva em Sorocaba para detalhar as investigações sobre o caso e, por enquanto, os suspeitos vão responder pelos crimes de uso de documento falso, falsidade ideológica e formação de quadrilha, já que todos se conheciam.

Durante a coletiva a delegada de Mairinque, Fernanda Ueda, afirmou que o material recolhido pela polícia sobre o caso, que deve ser analisado, é extenso. “Nós acabamos a investigação com mais de 30 volumes de inquérito policial. É uma extensa documentação e fica muito difícil de analisá-la com um prazo de minuto”, salientou a profissional ao G1

A polícia ainda tenta descobrir se existem outros “falsos médicos” que atuavam ou atuam na região e se as empresas responsáveis pelas contratações teriam conhecimento do crime ou mesmo algum tipo de participação no esquema.

Do Jornal da Economia