Em ranking das cidades que cuidam do meio-ambiente, Cotia fica em 610º lugar no estado

Mais um ano que Cotia perdeu a oportunidade de ficar entre as maiores cidades que cuidam do meio-ambiente, através do Selo VerdeAzul.

A cidade ficou na 610º posição no ranking, entre 645 cidades e a cada ano cai nessa classificação. O resultado do programa Município VerdeAzul foi divulgado pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

Ao todo, 92 cidades receberam certificação por notas também acima de 80 pontos e 62 foram qualificadas ao obterem notas entre 60 e 79,9 no ranking geral até 100

Cotia não cumpriu as exigências do programa e terminou nessa amarga posição, com 6,31 pontos. A cidade nunca conseguiu a certificação na história do Programa. O resultado final apontou a cidade de São José do Rio Preto como o município exemplo em gestão ambiental e preservação do Meio Ambiente, com 97 pontos. Na segunda colocação ficou Bragança Paulista, com 94,74 pontos e, em terceiro, Novo Horizonte, com 94,23.

Das cidades vizinhas, a classificação ficou assim: 12º São Roque (91,76 pontos), que recebeu a certificação. 112º Ibiúna (74,36), 123º Barueri (70,79) foram qualificadas.
As demais passaram longe de cumprir as metas: 171º Osasco (53,78), 241º Embu das Artes (34,33), 251º Itapecerica da Serra (32,36), 298º Taboão da Serra (23,12), 446º Vargem Grande Paulista (9,35), 487º Itapevi (8,62), 523º Carapicuíba (7,91), 643º Jandira (4,79).

O programa teve início em 2007 e conta com dez diretivas. São elas: esgoto tratado, resíduos sólidos, biodiversidade, arborização urbana, educação ambiental, cidade sustentável, gestão das águas, qualidade do ar, estrutura ambiental e conselho ambiental.

O Município VerdeAzul tem a iniciativa de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental. “Com estímulo e auxílio às prefeituras paulistas, na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas em busca de um desenvolvimento sustentável”, complementa a Secretaria de Meio Ambiente do Estado.

O Programa Selo VerdeAzul

Lançado em 2007, pelo Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o Programa Município VerdeAzul tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental.

A participação dos municípios é voluntária e ocorre por meio de um termo de adesão. Assim, o principal objetivo do PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado de São Paulo.

Ao participar, assinando o Termo de Adesão, cada um dos municípios paulistas indica um interlocutor e um suplente, que serão o elo de comunicação entre o município e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

As ações propostas pelo PMVA compõem as dez diretivas norteadoras da agenda ambiental local, abrangendo os seguintes temas estratégicos: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Município Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.