Dia Municipal do Rock agitou Cotia no final de semana

Cotia tem seu Dia Municipal do Rock e neste último fim de semana, dia 1 de setembro ocorreu mais uma edição deste evento, que infelizmente ficou um pouco ofuscado pelas chuvas que castigaram a cidade.

Muito se falou em trocar o local do evento para o Ombak Rock Bar ou para o Havana Rock Bar, mas o pessoal da Prefeitura, que cedeu o espaço, Praça do Sabiá, já estava no local fazendo o possível para que o evento acontecesse, mesmo com duas horas de atraso, as bandas fizeram seus “sets” com competência.

A primeira banda a subir ao palco, na verdade uma dupla, Deathly Hymns, com Cristiano Nery (vocal/guitarra) e Rony Ribeiro (bateria) tocaram seu Death Metal elaborado, cheio de pagadas e agitou o público presente. A banda está se reestruturando e logo estará com mais um guitarrista e um baixista, segundo Cristiano, que está à frente do Deathly Hymns e esteve muito tempo à frente da Imperial Devastation.

Logo em seguida e sem muita demora entrou o Infector Cell e a energia de seu Death Metal fez cair a energia da Praça do Sabiá, “set” parado por 20 minutos e eles voltaram a tocar, desta vez sem parada. A banda que está na estrada há 13 anos, subiu ao palco com Allan Pereira (vocal), Fagner Oliveira (guitarra), Giovanni Tolosa (baixo) e Fernando Santos (bateria). O público que não arredou pé, cantou junto com a banda seus clássicos, e esperando agora para setembro o lançamento de seu novo EP: Welcome to Brutal Reality.

O show ficou um pouco reduzido pelo atraso que aconteceu, mas não faltou energia. Quem quiser consultar mais sobra a Infector Cell, é só acessar o site oficial da banda: www.infectorcell.com.br.

E para fechar a noite, uma banda que dispensa comentários: Dominus Praelii, de Londrina, Paraná.  Eles estão em turnê por São Paulo e no dia anterior haviam tocado no “São Paulo em Chamas Festival”, na casa de shows “Morfeus Club” e são considerados uma das grandes bandas do Power Metal brasileiro.

A banda tem em sua formação Jorge Bermudez (vocal), Silvio Rocha (guitarra), Erick Elenssar (guitarra), Rene Warrior (baixo) e Didi Fernandez (bateria).

O Dominus Praelii tem uma vasta discografia, entre eles um split com bandas de outros países da América do Sul.

O evento foi organizado pelo Morte Pacífica e apoiado pela Prefeitura de Cotia, além de nomes como Metal Force, do Leonardo Lopes.

Já estamos esperando pelo próximo…

*Cláudio Alexandre Magalhães é escritor, poeta, músico e escreve sobre rock’n roll no Cotia Agora.