Cotia teve em 2019, mais de 1,4 mil novos imóveis lançados

Muito se fala em Cotia sobre os novos condomínios de casas e prédios que brotam a cada mês nos vários bairros da cidade, seja em região nobre como a Granja Viana, como na periferia, em bairros como São Miguel, Petrópolis e Caucaia.

Segundo o Secovi, sindicato do ramo imobiliário, na Grande SP, as cidades com maior número de lançamento de imóveis foram Osasco, com 2.722, seguido por São Bernardo do Campo, com 1.660, e Cotia, com 1.426.

Enquanto o mercado na capital se aqueceu, na Grande SP a melhora é lenta. O economista Celso Petrucci, do Secovi-SP, diz que o resultado na região metropolitana tem relação com a baixa aderência do programa Minha Casa, Minha Vida. “Enquanto em São Paulo o programa pegou tão bem, no entorno, ficou fraco.

O bom resultado do mercado imobiliário paulista em 2019 veio principalmente puxado pelas vendas e lançamentos no segmento econômico e concentrados na capital, especialmente na zona sul da cidade.

De janeiro a dezembro do ano passado, 909 alvarás para construções foram emitidos em São Paulo, um aumento de 29,1% ante o ano anterior, segundo levantamento da Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias) feito pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) junto à prefeitura.

Foi o segundo ano seguido de crescimento e um recorde da série histórica do indicador, iniciado em 2000. O pico anterior tinha sido registrado em 2014, quando 847 autorizações foram liberadas.

Do Folhapress c/ adaptação do Jornal Cotia Agora