Cotia abre inscrições gratuitas para aulas de zumba e ginástica para iniciantes e vôlei para 3ª Idade

A Secretaria de Esportes está com vagas abertas para aulas de zumba nas turmas da manhã e tarde.

A zumba agrega coreografias de dança e movimentos de ginástica. Ao todo são 140 alunos matriculados, com idades entre 16 e 59 anos. As aulas acontecem terças, quintas e sextas, das 7h30 às 8h15, e segundas e sextas, das 17h às 18h. As vagas são para preenchimento dessas turmas.

Segundo a professora Rosângela de Oliveira, a prática de zumba tem muitos benefícios: “Além de ajudar na perda de peso, promove o fortalecimento muscular, coordenação motora, equilíbrio, concentração, definição corporal e convívio social.” Para se inscrever é preciso comparecer ao Ginásio Municipal de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e apresentar os seguintes documentos: atestado médico (original), duas fotos 3×4, declaração de escolaridade, cópia do RG e do comprovante de residência. Os interessados com menos de 18 anos precisam apresentar o formulário de inscrição preenchido pelos pais ou responsável legal.

Ginástica

Meninas de Cotia com idade entre 6 e 10 anos e sonham em se tornar ginastas terão a oportunidade de participar de seleção que será feita até o dia 20 de março pela Secretaria de Esportes. As vagas são para turmas iniciantes de ginástica rítmica e estética. As interessadas devem se inscrever de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no Ginásio Municipal de Esportes  e apresentar os seguintes documentos: atestado médico (original), duas fotos 3×4, declaração de escolaridade, cópia do RG e do comprovante de residência. As candidatas devem estar acompanhadas de responsável legal, que assinará a matrícula.

A ginástica rítmica é um esporte exclusivamente feminino e se baseia em três características: movimentos corporais, manuseio de instrumentos e acompanhamento musical. Nesta modalidade, que agrega elementos do balé, dança teatral e/ou corda, arco, bola, maças e fitas, a ginasta deve apresentar movimentos com harmonia, graça e leveza.

A ginástica estética também é exclusiva para meninas e reúne elementos como a dança e ginástica acrobática (exercícios de força, equilíbrio, flexibilidade e agilidade), porém não utiliza aparelhos. São séries de mãos livres, com exercícios rítmicos e dinâmicos. Os movimentos devem ser naturais do corpo, com o quadril sendo o centro.

A equipe de Cotia conta hoje com 180 ginastas, distribuídas em três categorias: (base, pré treinamento e rendimento). O trabalho com a ginástica rítmica começou em 2000 e já apresentou resultados expressivos com a conquista de campeonatos e medalhas. Em 2016 sagrou-se tetracampeã dos Jogos Regionais. No Campeonato Estadual ficou em segundo lugar em 2013, em terceiro em 2014, e em primeiro em 2015. Em 2014 ficou em segundo no Campeonato Nacional, disputado no Maranhão, e no mesmo ano terminou em quarto no Campeonato Brasileiro. Nos Jogos Abertos do Interior terminou em segundo em 2014 e em terceiro em 2015 e 2016.

Já a ginástica estética chegou ao Brasil em 2008. Desde então a categoria conquistou quatro títulos: primeiro lugar nos Jogos Abertos de 2013 e  tricampeonato Brasileiro Sênior (2016); segundo no Torneio Metropolitano de 2015; tetracampeã Sênior em 2015 e segundo lugar em 2016; quarto lugar em 2014 na Copa dos Quatro Continentes, em Toronto (Canadá); e segundo lugar no Campeonato Brasileiro Junior, em 2016. “Cotia é reconhecida no cenário nacional. Estamos fortalecendo a cada ano para que o nível permaneça. O ensinamento das maiores é passado para as mais jovens, pois muitas às vezes param de treinar. A intenção é trazer sempre mais meninas iniciantes para continuarmos esse trabalho”, conta a treinadora Zeza Belafronte.

Vôlei para 3ª Idade

A terceira idade de Cotia tem mais uma atividade para colocar na agenda. O Ginásio Municipal de Esportes está com vagas abertas para a modalidade de vôlei adaptado para idosos a partir de 50 anos (homens e mulheres).
Além de promover a inclusão do público mais maduro no mundo dos  esportes, as vagas também ajudarão a compor e fortalecer o time do vôlei adaptado para as competições. Os interessados devem matricular-se no próprio ginásio, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e apresentar os seguintes documentos: atestado médico (original), duas fotos 3×4, declaração de escolaridade, xerox do RG e do comprovante de residência.

O vôlei adaptado, como o nome sugere, sofreu modificações para que fosse praticado pela terceira idade. O esporte proporciona movimentos recreativos e dinâmicos, sem muito impacto como nas regras tradicionais.
O principal objetivo é promover melhora da qualidade de vida de seus jogadores. Participam atualmente 25 mulheres e 28 homens, divididos nas categorias de 60 e 70 anos. É dessa forma que os grupos são separados para as competições. Porém, a idade inicial para a prática é 50 anos, pois o idoso precisa se ambientar com o esporte e preparar-se fisicamente para competir. “A maioria dos alunos está há 15 anos juntos e durante esses anos já ganhamos ouro, prata e bronze nas várias categorias que disputamos. Em 2016 fomos ouro no masculino 70 anos e prata no 60 anos pelo Campeonato Céu Quinta do Sol, prata no feminino 60 anos e bronze no masculino 60 anos, em Ibiúna”, lembra a professora Magali Ruiva.
A jogadora mais antiga da turma feminina de vôlei adaptado tem 84 anos e frequenta as aulas até hoje. “Já participei de muitas competições, inclusive do primeiro Jori em 1994. Foram muitos títulos que eu já nem me lembro, mas lembro que era muito gostoso jogar”, conta Aparecida Satomi, a dona Cidinha. Hoje, ela não compete mais, pois a idade limite é 70 anos. Mas Cidinha pratica essa e outras atividades oferecidas pelo ginásio como hobby. Este ano estão previstas diversas competições, entre as quais o Quadrangular de Ibiúna, em março, e os Jogos Regionais do Idoso (Jori), em agosto. Ainda não foram divulgadas as datas dos Jogos Adaptados da Terceira Idade de Jandira (Jatijan), Jogos Intermunicipais Adaptados à 3ª idade (Jiatiba) e CEU Quinta do Sol.