Coluna do Dr. Danylo: Qual aparelho ortodôntico devo usar?

Atualmente somos bombardeados por uma infinidade de informações e propagandas nos mais diversos segmentos, na odontologia não é diferente. Muitos pacientes que necessitam realizar tratamento ortodôntico nos procuram com muitas sobre qual o melhor aparelho a ser utilizado. A resposta não é tão simples, mas tentaremos nestas linhas esclarecer as dúvidas mais frequentes.

Aparelho Fixo x Aparelho Móvel

Os aparelhos móveis são muito utilizados na odontologia para p tratamento ortopédico, ou seja, ajudam a tratar as discrepâncias ósseas. Um exemplo bastante frequente é quando o palato (céu da boca) é muito estreito, essa condição dificulta a respiração nasal, o encaixe correto dos dentes e não permite que os alimentos sejam triturados corretamente durante a mastigação. Só é possível realizar o tratamento ortopédico durante a fase de crescimento, durante a infância e a adolescência, não surtindo resultado para pacientes na fase adulta. Os aparelhos móveis podem ser usados concomitantemente ao aparelho fixo, sendo um auxiliar ao tratamento ortodôntico. Outro uso para os aparelhos móveis é na contenção dos dentes após a conclusão do tratamento ortodôntico, evitando que haja recidiva e os dentes voltem a desalinhar.

Existe uma diversidade de aparelhos ortodônticos fixos, os tradicionais são os aparelhos com os elasticos (borrachinhas), esse tipo de aparelho promove a movimentação dos dentes através da aplicação de uma força que é controlada pelo ortodontista. Os braquetes são colados nos dentes com uma resina apropriada. A movimentação ocorre pela ativação dos arcos que podem ser de diversos calibres e materiais, de acordo com a fase do tratamento, esses são presos aos braquetes através das borrachinhas.

Aparelho Fixo Tradicional x Aparelho Autoligado

O aparelho fixo metálico de ligadura (borrachinha) é o mais utilizado devido à grande procura dos adolescentes, pois há uma variedade de cores disponíveis e podem ser trocadas a cada consulta, o valor do tratamento também é acessível. O aparelho autoligado é uma alternativa mais recente e moderna, que dispensa o uso de borrachinhas, uma vez que o arco ortodôntico é preso diretamente nos braquetes por um sistema de presilhas. Esse sistema torna o tratamento mais rápido e eficiente por apresentar menor atrito entre o fio e os braquetes, possibilitando um resultado, em muitos casos, sem extrações dentárias.

O aparelho autoligado pode apresentar um custo um pouco maior em relação ao aparelho convencional, entretanto, possibilita a conclusão do tratamento em menor tempo, tornando-se uma alternativa interessante. Por oferecer um tratamento mais rápido e eficiente, é bastante procurado por pacientes adultos, que muitas vezes não tem disponibilidade de tempo, além de ser mais discreto.

Aparelhos Estéticos

A crescente procura por tratamentos mais estéticos tem levado a ortodontia a desenvolver diversas alternativas. Entre os braquetes estéticos temos os de policarbonato, trata-se de uma resina plástica que apresenta um custo acessível, mas não são muito resistentes e podem manchar durante o tratamento. Os braquetes de porcelana, por sua vez, são mais resistentes, com aparência branco leitosa, são estéticos e não mancham.

O aparelho de safira é ainda mais estético, tem aparência transparente, que lembra o vidro, é composto por porcelana monocristalina, não mancha e é quase imperceptível. Possui um custo mais elevado entre os três tipos de braquetes. Entre todos os citados, há a necessidade de se utilizar as borrachinhas para prender o fio aos braquetes.

Há os aparelhos com braquetes estéticos e autoligados, que associam a estética de seus braquetes e a eficiência do aparelho autoligado, mas apresentam um custo mais elevado em relação aos anteriores. O aparelho lingual é outra opção para quem procura discrição, é utilizado principalmente por atletas que costumam sofrer impacto no rosto evitando ferimentos durante a prática esportiva, tendo a higienização deste tipo de aparelho mais complexa que as demais.

Os alinhadores transparentes são uma das alternativas mais modernas, normalmente o planejamento é feito através de softwares específicos e após o planejamento são confeccionadas uma sequência de placas transparentes que se encaixam perfeitamente na boca do paciente. As placas são trocadas durante o tratamento sob supervisão do ortodontista até atingir o objetivo que se busca. Os alinhadores são também chamados de ‘’aparelho invisível’’ é confortável, permite que o intervalo entre as consultas seja maior e uma outra vantagem é que pode ser removido durante a alimentação e na higienização. É indicado seu uso para tratamentos menos complexos e dentre as alternativas de aparelho estético esta é a que apresenta o maior custo.

Conclusão

Podemos concluir que diante da variedade de alternativas para realizar o tratamento ortodôntico, a decisão deverá ser compartilhada entre o dentista e o paciente, levando em consideração a expectativa do paciente, sua disponibilidade de tempo para comparecer às consultas, o desejo pela discrição e/ou estética, sua condição financeira para investir em tratamentos mais modernos e a complexidade do tratamento a ser realizado, que indicará os possíveis tipos de aparelhos a serem utilizados.

*Dr. Danylo Dias Araújo (CRO/SP 97.316) é cirurgião dentista com clínica no Centro de Cotia e escreve quinzenalmente no Jornal Cotia Agora. Centro Odontológico Dr. Danylo fica na Rua Senador Feijó, 28 – Centro – Cotia (em cima da ótica Kika e ao lado do Central Shopping) – Telefone: (11) 4148-0996 – email: [email protected]  – Aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 às 19h e sábados das 8h às 17h. Leia mais e saiba de todos os tratamentos clicando AQUI.

Acesse as redes sociais. Instagram: https://www.instagram.com/dr.danylo/    e Facebook: https://www.facebook.com/Dr.Danylo/