Coluna do Dr. Danylo aborda os implantes dentários

Há diversas formas de reabilitar um paciente que perdeu um ou mais dentes: próteses fixas, próteses parciais removíveis, próteses totais removíveis (dentaduras) e os implantes dentários, que estão cada vez mais sendo procurados. Essa crescente procura se deve a vários motivos, entre eles podemos citar a popularização desse tipo de tratamento que encontra-se mais acessível, a ampla divulgação feita em diversas mídias e também pelos benefícios oferecidos em relação aos tratamentos convencionais.

Os implantes dentários são pinos de titânio inseridos nos ossos da maxila e da mandíbula, com a finalidade de substituir as raízes de dentes que foram perdidas ou que devem ser extraídas (que não podem ser aproveitadas); sobre estes pinos de titânio serão parafusadas ou cimentadas a coroa, normalmente de porcelana, que irá substituir o dente ausente. Os implantes também podem sustentar próteses removíveis, como no caso das overdentures, onde as dentaduras são encaixadas nos implantes aumentando sua retenção e diminuindo, ou estacionando, a perda óssea dos ossos maxilares. Outra modalidade é quando a prótese total é parafusada aos implantes e permanece fixa à boca, sendo denominada de próteses tipo Protocolo.

Toda pessoa pode fazer implante dentário?

Ao se optar por um tratamento com implantes dentários deve-se atentar à alguns fatores de saúde geral, como diabetes e pressão arterial, que se controladas não são uma contraindicação. O uso de medicamentos, como os bifosfonatos (usados no tratamento de alguns tipos de câncer e osteoporose), podem contraindicar a instalação de implantes, a má higiene bucal e o tabagismo também interferem no sucesso do tratamento. Outro fator muito importante que deve ser considerado é o bruxismo (hábito de apertar e/ou ranger os dentes). É preciso lembrar também que o implante dentário só pode ser feito em pacientes que já terminaram o ciclo de desenvolvimento ósseo, ou seja, que não se encontram em crescimento, portanto não é indicado para adolescentes. Além de fazer uma investigação quanto à saúde geral, em alguns casos é necessário entrar em contato com o médico do paciente.

Exames complementares

Após concluir que o paciente não apresenta contraindicações de saúde o dentista solicita exames complementares, como radiografia panorâmica e tomografia computadorizada, sendo esta última indispensável por fornece medidas dos ossos maxilares com precisão e em três dimensões (altura, largura e espessura), permitindo um planejamento preciso das medidas do implante a ser empregado e da necessidade de enxertos ósseos. É possível planejar a cirurgia digitalmente através de softwares, a confecção de cópias dos ossos da boca em impressoras 3D e a confecção de guias cirúrgicos que orientam a colocação dos implantes na posição mais apropriada durante a cirurgia.

É seguro fazer Implantes Dentários?

A implantodontia é uma das especialidades da odontologia que mais tem se desenvolvido nas últimas décadas, hoje é possível fazer um implante no consultório com anestesia local, sem dor, em uma consulta de menos de uma hora de duração. Em muitos casos é possível a instalação de uma prótese provisória sobre o implante imediatamente após sua colocação. Em outros casos, há a necessidade de se esperar um período de 3 a 6 meses (osseointegração). Trabalha-se atualmente com uma taxa de sucesso de mais de 95 %, que é consideravelmente positivo. O uso de implantes dentários possibilita que o paciente deixe de usar próteses removíveis, muitas vezes não tão estéticas. A principal vantagem se dá em relação a sua retenção, por serem fixos, oferecem maior segurança e conforto para o paciente se alimentar, falar e conviver socialmente; fatores esses que contribuem significativamente para melhorar a autoestima.

Respeitando as indicações para a realização do procedimento, feita uma investigação cuidadosa da saúde geral do paciente, realizado um planejamento baseado em exames complementares adequados e somando uma avaliação clínica meticulosa por profissional capacitado, certamente o resultado é muito seguro, permitindo que o paciente volte a sorrir com segurança e melhorando sua qualidade de vida.

*Dr. Danylo Dias Araújo (CRO/SP 97.316) é cirurgião dentista com clínica no Centro de Cotia e escreve quinzenalmente no Jornal Cotia Agora. Centro Odontológico Dr. Danylo fica na Rua Senador Feijó, 28 – Centro – Cotia (em cima da ótica Kika e ao lado do Central Shopping) – Telefone: (11) 4148-0996 – email: [email protected]  – Aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 às 19h e sábados das 8h às 17h.
Leia mais e saiba de todos os tratamentos clicando AQUI.