CJ Ramone agendando nova turnê pela América do Sul

CJ Ramone, ex-baixista dos Ramones, é um verdadeiro apaixonado pelo Brasil e seus ensandecidos fãs. Tal paixão se traduz na quantidade de bem-sucedidas turnês que o músico já realizou pelo país.

Considerado um dos artistas mais carismáticos da música mundial, o ex-integrante da histórica banda americana de punk rock está, neste momento, promovendo o seu segundo álbum de inéditas, “Last Chance to Dance”.

Em setembro do ano passado, CJ Ramone comemorou 25 anos de sua entrada na “família real” do punk rock mundial. Para celebrar este marco, a gravadora Fat Wreck Records lançou o single “Understand Me?” em vinil 7’’. A música está disponível para audição em https://soundcloud.com/fat-wreck-chords/cj-ramone-understand-me.

Como já era de se prever, a produtora CP Management acaba de confirmar que está agendando mais uma nova série de apresentações para CJ Ramone. Os shows devem acontecer entre 12 de outubro e 2 de novembro. Este é o quinto ano consecutivo que o artista vem ao país. O objetivo é sempre levar a elogiada performance para novas cidades brasileiras e também abranger outros países da América do Sul.

São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Goiânia (GO), Brasília (DF), Curitiba (PR), Santos (SP), Goiânia (GO), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Palmas (TO), Novo Hamburgo (RS), Caxias (RS), Taguatinga (DF), Maringá (PR), Bragança Paulista (SP), Estância Velha (RS), Uberlândia (MG), Betim (MG) e Nova Odessa (SP) já receberam o ilustre músico.

Nesta nova passagem pelo Brasil, o músico deve vir acompanhado de Steve Soto (guitarra – Adolescents), Dan Root (guitarra – Adolescents) e Bam Bam Mclurgh (bateria). O setlist que novamente deve emocionar os fãs brasileiros, será composto pelas excelentes composições dos álbuns “Reconquista” e “Last Chance to Dance”, além de diversos clássicos dos Ramones.

Christopher Joseph Ward foi escolhido para substituir Dee Dee, o lendário baixista dos Ramones, em 1989, e ficou até o fim da banda em 1996. Com o grupo, e já usando nome de CJ Ramone, lançou os álbuns Loco Live (1991), Mondo Bizarro (1992), Acid Eaters (1994) e Adios Amigos (1995). Depois disso, o artista montou outros projetos como o Los Gusanos e Bad Chopper, e inclusive chegou a receber um convite para tocar no Metallica, mas recusou a oferta para cuidar do filho, que havia sido diagnosticado com autismo.