Charlie Brown Jr: turnê com quase todos os ex-membros celebra 50 anos de Chorão

O perfil do Charlie Brown Jr nas redes sociais anunciou na terça-feira (2), uma turnê especial com participação de quase todos os ex-integrantes da banda, além do vocalista Egypcio, ex-Tihuana. A tour busca fazer uma homenagem ao falecido líder da banda, Chorão, que faria 50 anos em 2020.

Chamada “Chorão 50”, a série de shows também buscará fazer homenagens ao baixista Champignon, que morreu em 2013 – mesmo ano em que o vocalista faleceu -, e ao baterista Renato Pelado, que segue vivo, mas afastou-se da música após converter-se religiosamente. A agenda de apresentações ainda não foi anunciada.

Além de Egypcio no vocal, a formação do tributo contará com os guitarristas Marcão Britto e Thiago Castanho, o baixista Heitor Gomes e os bateristas André “Pinguim” Ruas e Bruno Graveto. Ou seja: o único membro vivo do Charlie Brown Jr que não participará dos shows, ao menos como integrante fixo, é Renato Pelado.

A direção geral da turnê fica a cargo de Alexandre Abrão, o Xande, filho de Chorão, enquanto a direção artística é de Cleber Machado e a executiva, de Branco. As produtoras Greengoes e Tacantina são as responsáveis pela tour.

Reaproximação de Thiago Castanho após desentendimentos
Na última segunda-feira (1°), um dia antes do anúncio da turnê, Xande publicou nas redes sociais do Charlie Brown Jr um texto em que se retrata com Thiago Castanho. O guitarrista teve um desentendimento público com o filho do vocalista, em 2019, após ter sido confirmado um show usando o nome da banda – devido à confusão, Xande e os músicos envolvidos (Marcão, Heitor e Pinguim) vieram a público explicar que se tratava de um tributo, não do retorno do grupo.

Por Igor Miranda – whiplash