Catálogo dos Beatles chega aos serviços de streaming

Desde o dia 24, 17 discos (224 músicas) poderão ser ouvidos em nove serviços diferentes.

O Natal trouxe novidades para os fãs dos Beatles. O catálogo da banda finalmente chegou à era do streaming. Deezer, Spotify, Apple Music, Tidal, Amazon Music, Microsoft Groove, Napster/Rhapsody, Slacker Radio e Google Play passaram a contar com os 17 discos de estúdio dos Fab Four. São 224 músicas, de 13 álbuns de estúdio e mais algumas coletâneas, dentre elas The Beatles 1962 – 1966, The Beatles 1967 – 1970 e 1.

O material, até então, estavam disponível apenas no iTunes, que passou a oferece-los há cinco anos. Tradicionalmente, as canções da banda demoram para chegar à novas formas de consumo de música (embora o trabalho solo dos 4 integrantes da banda já tivesse abraçado a causa do streaming).

Faz algum tempo que circulavam boatos de que havia uma negociação para liberar as faixas para streaming, mas esperava-se que alguma dessas nove empresas fechasse um acordo de exclusividade, o que não aconteceu.

Recentemente, muitos artistas passaram a se manifestar contra a venda de música através desses serviços. Adele, por exemplo, declarou em entrevista para a revista Time que considera esta forma de consumir música “descartável”. “Eu acredito que a música deve ser um evento.”

Da Rolling Stone