Casal morre em grave acidente na Bunjiro Nakao

Um grave acidente envolvendo dois carros aconteceu no início da noite deste domingo (18) no km 85 da Rodovia Bunjiro Nakao em Ibiúna.

Duas viaturas dos bombeiros foram ao local para retirar as vítimas que ficaram presas entre as ferragens. Enquanto os bombeiros chegavam, a equipe de Samu de Ibiúna fazia os primeiros atendimentos às vítimas no local. Um casal morreu e outro ficou gravemente ferido.

Segundo a Polícia Rodoviária, a batida foi frontal em um trecho de declive e curva. Os policiais relataram que o veículo Toyota Fielder era dirigido pelo pedreiro Dirceu de Oliveira Simão de 54 anos e tinha como passageira a esposa dele, Marilde de Oliveira Simão de 51 anos.

As informações são de que Dirceu teria perdido o controle do veículo após o pneu estourar na curva. Com a velocidade, o automóvel ficou desgovernado e acabou invadindo a pista contrária colidindo com o Fiat Linea, placas de Sorocaba, onde seguia o casal, Bruno de Paula Menezes de 28 anos, e Tatilen Cristina Domingues de 25 anos.

Dirceu e Marilde morreram no local. Dirceu que dirigia o carro, com o impacto da batida, foi arremessado e caiu próximo a um barranco falecendo na hora. A esposa dele ficou presa no cinto de segurança e teve o airbag acionado, porém, não resistiu e morreu em seguida. Os dois moravam no bairro Colégio, em Ibiúna. Eram cunhados do prefeito de Ibiúna, Fábio Bello.

Já o outro casal ficou preso às ferragens, os dois foram resgatados pelos bombeiros de São Roque e socorridos em estado grave para o Hospital de Ibiúna.

A rodovia, no trecho do acidente, precisou ficar interditada por mais de duas horas. Foi preciso também jogar serragem na pista devido ao derreamento de óleo. O local ficou preservado até a chegada de peritos do Instituto de Criminalística da Polícia Civil de Sorocaba. O congestionamento passou dos dois quilômetros. Muitos motoristas tiveram que desviar por estradas vicinais.

Do São Roque Notícias – Fotos: Jornal da Terra

bun2 bun3