Banda Rainbow está de volta com novo vocalista

Ritchie Blackmore cansou da música de inspiração medieval. O guitarrista eterno do Deep Purple (mas fora da banda desde 1993) decidiu deixa a mulher, Candice Night, em casa, e matar o gostinho do rock pesado com outra de sua cria, o Rainbow.

Junto com a mulher, ele criou o Blackmore’s Night, combo que iniciou em 1997 uma bem-sucedida trajetória na folk music, apostando no formado acústico para compor temas baseados basicamente nas sonoridades medievais e renascentistas.

No entanto, no passado, o guitarrista, de 70 anos, anunciou que faria apenas quatro shows com uma recriação do Rainbow, a bada que formou quando saiu do Deep Purple pela primeira vez, em 1975.

O primeiro vocalista foi ninguém menos do que Ronnie James Dio, que foi sucedido por Graham Bonnet e Joe Lynn Turner posteriormente. A banda durou de 1975 a 1984 e depois de 1995 a 1996.

Um dos quatro shows ocorreu nesta sexta-feira, no festival Monsters of Rock, na Alemanha. Quem assistiu gostou do que viu.

O jornalista Rodolfo Vicentini, do UOL Música, conversou com o vocalista escolhido para os quatro shows. Por telefone, o norte-americano Ronnie Romero disse ser uma honra estar ao lado de uma lenda, e gostou de sua descrição feita pelo chefe – “uma mistura de Dio e Freddie Mercury”.

Do Combate Rock